O que é um Fab Lab?

Imagine um lugar equipado com ferramentas incríveis disponíveis para você executar  todas as ideias mirabolantes que habitam nessa sua cabeça criativa. Agora pense como seria instigante e proveitoso para todo mundo compartilhar esse espaço e estimular outras pessoas a tirarem a ideia do papel também. Foi o que fez o professor Neil Gershenfeld, diretor do Centre of Bits and Atoms da instituição da MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts).

Em 2001, ele criou um projeto chamado “How To Make (almost) Everything” (Como fazer quase de tudo) onde os seus alunos usavam diversas ferramentas de fabricação digital para produzir suas próprias invenções. Essa foi a sementinha do que hoje chamamos de Fab Lab, uma rede mundial de laboratórios de fomento à criatividade. Já existem mais de 1100 no mundo todo, e 41 deles estão aqui no Brasil. (OBA! \o/)

fablab

Em um Fab Lab público, você pode receber assistência operacional, educacional, técnica e logística para criar o que quiser gratuitamente. Além disso, poderá manejar –devidamente orientado, claro– um monte de equipamentos que lhe ajudarão a pôr suas ideias em prática. Geralmente, nesses laboratórios é possível encontrar impressoras 3D, cortadoras a laser, programas de desenho digital, equipamentos de eletrônica e robótica e ferramentas de marcenaria e mecânica e em alguns máquinas de costura.

fablab4

Aqui em São Paulo tive experiências incríveis nos Fab Labs que têm parceria com a prefeitura e o Instituto de Tecnologia Social. Os espaços são abertos para a população em alguns horários e os profissionais envolvidos são super capacitados para ensinarem o manejo de todas as máquinas. Participei das oficinas de impressão 3D e de Marcenaria e amei as duas! Para fazer os cursos, é preciso se inscrever pelo site. As vagas se esgotam rápido mas não é impossível de conseguir. A dica é entre perto do final do mês que é quando abrem as inscrições do mês seguinte.

FabLabRecife04-1024x545

Em um Fab Lab privado o serviço é similiar, porém é preciso pagar para usar o laboratório e para fazer as oficinas.

No site oficial da iniciativa Fab Lab você encontra a lista completa de todos os Fab Labs do Brasil e encontra mais detalhes sobre a proposta.

Vamos ser makers nessa vida, minha gente!

Fotos: CTI e Portal Aprendiz

 

Como fazer porta-retrato de bolinhas

Esse tutorial é para quem quer dar um up na estante ou na mesinha de cabeceira e está sem tempo ou sem grana. Fiz esse porta-retrato para decorar a mesa no aniversário de Dora e ele terminou virando item permanente na decoração da sala. Na verdade ele é tão simples que está mais para uma ideia que para um projeto mas quis mostrar mesmo assim :)

porta_retratos_bolinhas_materiais

Materiais
Porta-retrato de madeira
Bolinhas adesivas coloridas (essas são da Pimaco e você encontra em loja de material de escritório)

porta_retratos_bolinhas_colando

Modo de fazer
Não tenho nem o que explicar aqui. É só sair colando aleatoriamente as bolinhas e pronto.

porta_retratos_bolinhas

Eu usei em um porta-retrato mas a ideia fica bem divertida se usada em molduras de quadros também! E você viu como a modelo da foto é maravilinda?

Um apartamento lindo em Berlim e cinco dicas para copiar já

Eu sigo alimentando meu estranho hobby de fuçar casas alheias no site do Airbnb. Para quem ainda não conhece, o Airbnb é aquele site onde você pode alugar quartos ou casas inteiras para passar temporadas em vários países. Para mim é um lugar incrível para encontrar inspirações decorativas e conhecer formas diferentes de morar.

Nas minhas últimas pesquisas, cruzei com esse piteuzinho em Berlim. Nele, achei várias ideias possíveis de chupinhar em casas e apês brasileiros do Oiapoque ao Chuí. Aí em Portugal e Angola também, leitores queridos :)

Captura de Tela 2017-03-27 às 11.57.54

1 – Atualmente a gente tem visto nos lares mais verdes dezenas de vasos de plantas por todos os lados, mas olha que ideia genial essa de trocar vários vasos de plantas por poucos com uma bela trepadeira bem espaçosa. Essa planta é uma da família da jibóia, que foi se espalhando pela casa com a ajuda de suportes nas paredes.

Captura de Tela 2017-03-27 às 11.57.44

2 – Os objetos tidos como cafonas podem ficar bem bacanas se tiverem uma proposta. Duvida? Foca nesse abajur, nesse espelho com moldura de gesso e nessa mesinha barril de pirata. Se estivessem em uma sala com móveis mais clássicos ficariam meio bregas, né? Mas com um sofá futon, as plantas, o skate e a prancha de surf, a coisa muda de figura! Somado ao globo e ao atlas, os objetos até então datados ganham um ar boho e bem aventureiro.

Captura de Tela 2017-03-27 às 11.57.30 Captura de Tela 2017-03-27 às 11.57.37

Nem vou comentar sobre essa espetaculosa cama suspensa como ideia a ser copiada porque um pé direito desse tamanho em um apartamento aqui no Brasil é quase um sonho impossível. Mas mesmo assim, vale a pena babar no projeto todo, inclusive na escada estante e na rede.

Captura de Tela 2017-03-27 às 11.57.10 Captura de Tela 2017-03-27 às 11.57.02 Captura de Tela 2017-03-27 às 11.56.53

3, 4 e 5 – Não sei se você notou, mas os donos desse apartamento usam e abusam de luzinhas de led para dar um clima. Uma ideia barata e facílima de reproduzir em casa. Também é muito prático ter essa pequena prateleira com todos os temperos bem próxima à bancada. Isso ajuda muito a trazer inspiração para criar novos pratos e também facilita a lembrar e usar tudo o que você tem. (Quem nunca jogou tempero vencido fora porque esqueceu de usar?).

Outra ideia que chamou minha atenção foi a da pintura da parede: o branco do teto invade a cor das paredes fazendo uma moldura bem interessante. Funciona bem para quem tem um apartamento com pé direito maior que o normal.

Captura de Tela 2017-03-27 às 11.56.30

Mais uma foto para humilhar nossos “modernos” apartamentos de 70 m2! Espia o tamanho desse banheiro. Se você tiver a sorte de ter uma banheira dessas antigas em casa, uma pequena tábua de madeira protegida com verniz marítimo vira uma mesa de apoio “óteema”. Se o seu banheiro for pequeno ainda dá para se inspirar com as plantinhas usadas aqui. A gente sempre esquece dos verdes nesse ambiente mas eles funcionam bem para deixar o banheiro menos frio e mais agradável.

Se você gostou tanto quanto eu, saiba que é possível alugar um quarto nesse apartamento lindinho por R$ 116 (preço pesquisado em março de 2017).

E se você se interessou em viajar e se hospedar no Airbnb ou ser hóspede de algum viajante, nesse link tem um vale de R$ 100 para quem nunca tentou antes :)