Festa de aniversário em casa feita sem cansaço e sem muito preparo

Esse ano eu tinha dois objetivos para a comemoração do aniversário de Dora: não ter muito trabalho e nem gastar muito dinheiro. Ano passado, passei cerca de 3 meses cortando papel e preparando tudo. Apesar da festa não ter sido cara, gastei bem mais do que deveria. Por isso, neste ano a ideia foi manter tudo bem simples.

Para começar, já cortamos os custos do salão de festa. Nada de pagar taxas para ter o espaço da comemoração. Também tive muita preguiça da logística para fazer a festinha na casa de alguém. Tendo isso em mente, decidimos que seria uma festa de aniversário em casa mesmo. Considerando que eu moro em um apartamento de 58 m2, isso já restringiu um bocado o número de convidados. Como moramos longe de toda a família, conseguimos fechar a lista em apenas 15 pessoas.

O tema que Dora escolheu foi “boinhas” (bolinhas). Tema ótimo para fazer uma econômica festa de aniversário em casa! Consegui aproveitar um montão de coisas que sobrou da festinha do ano passado, como as lanternas de papel, alguns descartáveis e as forminhas de doces. Comprei 1,80 m de tecido e pedi a uma costureira para fazer a barra e transformá-lo em toalha de mesa. Escolhi um tecido um pouco mais caro que os normalmente usados em festa assim, mas com mais qualidade para usar a toalha depois no dia a dia em casa. Além do tecido, passei numa papelaria e comprei bolinhas adesivas (daquelas para fechar envelopes) que foram usadas como enfeites nos doces.

mesa_aniversario
Usei papel colorido e imprimi “Dora faz 2” para enfeitar o bolo. Tive sorte e achei também uma vela de bolinhas! Além disso, usei luzinhas e minha light box para enfeitar a mesa junto com um porta-retrato devidamente personalizado com as bolinhas adesivas da papelaria e um vaso antigo com bolinhas adesivas também, recheado com flores secas que eu já tinha em casa. Para finalizar a profusão de bolinhas, ainda salpiquei por toda a mesa pompons coloridos.

mesa_aniversario_em_casa_4

As lanternas de papel viraram um cacho enfeitando o topo da parede. E para simular um painel, prendi na parede três fios de bolinhas de papel, que eu já tinha em casa também porque foram comprados há tempos no Aliexpress! :)

mesa_aniversario_em_casa_2

A minha escrivaninha virou mesa de apoio para as comidinhas. Servimos pequenos sanduíches, tomatinhos e cenourinhas, castanhas, pão de queijo, coxinha, pipoca, salada de frutas, passas (ela ama!) e docinhos. Para beber, cerveja, suco e água.

mesa_aniversario_em_casa_6

Tirei os materiais de escritório das cestas e coloquei flores. O meu planner de parede deu lugar a uma retrospectiva em fotos do segundo ano de vida da minha pequenucha. Para identificar as datas, usei post-its redondos (mais bolinhas).

mesa_aniversarioA

Imprimi a palavra “Viva” e colei na parede para deixar o outro lado da sala mais festivo também. Coloquei umas lanternas logo acima do sofá para enfeitar também. E pronto!

Só comecei a decoração na sexta à noite. A festinha estava marcada para o dia seguinte ás 15h30. Conseguimos arrumar a festa sem afobação e às 12h estava tudo tão prontinho que fomos até almoçar fora antes dos convidados chegarem.

A festa de aniversário em casa foi linda. Dora ficou muito contente quando viu tudo pronto para ela e eu fiquei com o coração ainda mais cheio de amor de ver a minha pequenininha comemorando mais um ano de vida. Também foi ótimo curtir a festa sem cansaço, dentro de casa e com poucas e boas pessoas queridas.

mesa_aniversario_em_casa_8

É isso. Oficialmente não sou mais mãe de uma bebê. (Me abracem! :( ) Mas tudo bem pois ela se tornou a menininha mais encantadora do pedaço! :)

Sacolé alcoólico – Como fazer o “drink” ideal para o carnaval de rua

Quem já pulou muito carnaval de rua sabe que achar uma cerveja gelada pra vender é quase tão difícil quanto achar alguém sóbrio na folia. A gente bebe um monte de cerveja quente e no final nem liga muito porque tudo é cerveja do mesmo jeito e tá tudo certo. Porém, imagina que coisa linda seria tomar um drink bem refrescante e geladinho no meio da muvuca?

A ideia de fazer drinks em forma de sacolé é uma solução mara para isso e está fazendo um sucessão! Escolhi 3 receitas deliciosas de sacolé alcoólico para você fazer nos dias de folia e deixar para tomar cerveja quente só no final do dia.

dindin

Caipirinha
Corte 10 limões-sicilianos em gomos e macere com 300 g de açúcar até dissolver bem. Misture com 200 ml de água, 200 ml de suco de limão-taiti e 200 ml de cachaça. Coe. Coloque nos saquinhos e leve ao freezer até congelar.


Manga com maracujá e gengibre

Descasque 1 manga e bata no liquidificador ou na centrifuga junto com 1/4 de polpa de maracujá e um pedaço pequeno de gengibre sem casca. Adicione vodca e açúcar a gosto. Bata novamente no liquidificador. Coloque nos saquinhos e leve ao freezer até congelar.

Morango Busca Vida
Bata 500 g de morango no processador, adicione 500 ml de cachaça Busca Vida (se usar outro tipo de cachaça, diminua a quantidade), adicione 250 ml de água, 50g de açúcar e misture tudo. Coloque nos saquinhos e leve ao freezer até congelar.

O sacolé alcoólico demora um pouco mais para congelar que os sacolés normais por causa do álcool presente nele. É aconselhável deixar ele no freezer por no mínimo 12 horas.

Lembre-se também de sempre deixar espaço no saquinho do seu sacolé. O líquido congelado costuma expandir e é preciso ter espaço para isso. Além disso, é importante dar um nó bem firme para que não tenha risco do seu sacolé alcoólico abrir durante o consumo!

Fonte: Revista Casa e Comida e Veja Rio

Como fazer um tapete de abacaxi – DIY

Dia desses rodei a cidade atrás de um tapete com um formato diferente. Só encontrei flores, carros e temas bem infantis. Aí achei que valia a tentativa de fazer um tapete eu mesma com essas mãozinhas que Deus me deu.

Procurei dois tapetes de borracha iguais nas cores verde e amarelo. Como não encontrei, comprei de dois tipos diferentes para fazer um tapete de abacaxi muito divertido. Esse projeto é um daqueles que você faz em 15 minutos!

tapete_abacaxi_1

Materiais

Tapete verde
Tapete amarelo
Cola de EVA
Tesoura
Linha e agulha
Lápis (opcional)

tapete_abacaxi_2

1. Corte o tapete amarelo em um formato oval. Caso não tenha muita segurança no formato, desenhe com o lápis no verso do tapete antes de cortar.

tapete_abacaxi_3

2. Corte o tapete verde de forma que simule a “coroa” do abacaxi. Para que os dois lados fiquem simétricos, use o pedaço cortado de um lado como molde para o outro lado.

tapete_abacaxi_4

3. Aplique a cola de EVA no verso do tapete verde e cole os tapetes. Espere a cola secar completamente. Coloque um peso em cima dos tapetes para ajudar na aderência da cola.

tapete_abacaxi_5

4. Para reforçar a união dos dois tapetes, costure com pontos invisíveis na emenda e pronto. O tapete deve ser usado em locais com pouca circulação de pessoas para uma maior durabilidade.

tapete_abacaxi_6

Foi tão fácil fazer esse tapete que fiquei pensando nos vários formatos possíveis de reproduzir! Pensei em fazer um flamingo, um cacto ou um drink tropical. O que vocês acham? :)