Passeando pelo Bazar Samburá

Já que o post da Leroy fez sucesso, resolvi registrar um novo passeio aqui. Dessa vez o destino escolhido foi o Bazar Samburá aqui em São Paulo. O local vende doações de móveis, artigos para casa, brinquedos e vestuários e tem toda a renda obtida revertida para atendimentos da AACD.

IMG_20170215_132858742

Já fui ao Bazar Samburá algumas vezes. De vez em quando acho um monte de coisas legais (essa minha bandeja antiga é meu achado preferido), outras vezes não encontro nada. Depende muito da sua sorte de ir ao Bazar em um dia logo após ótimas doações de artigos à instituição.

Os preços são bem bons, mas não vá esperando achar mesas originais com pé palito a preço de banana. Eles sabem quando o design da peça tem potencial e os preços são dados de acordo. Mesmo assim você pagará bem menos que em antiquários. Já os artigos mais atuais costumam ter preços ótimos. De um jeito ou de outro, você tem que ir com o coração aberto e o olhar atendo para enxergar as potencialidades de cada objeto.

 

IMG_20170215_133309122_BURST000_COVER_TOP

IMG_20170215_133402300

O Bazar Samburá é perfeito para quem está disposto a recuperar ou reformar um móvel. Como a maioria dos objetos à venda são bem velhos, indo com essa proposta você encontrará bastante coisa.

IMG_20170215_135747714

Essa cômoda velhinha, por exemplo, já pensou que espetáculo ficaria após uma reforma?

IMG_20170215_141419660

Um estofado novo com um tecido bem bacana e uma cor mais alegre na madeira dessa cabeceira também seriam um sucesso!

IMG_20170215_141327917

Essa estante maravilinda estava com uma porta faltando na parte de baixo. Eu queria ela assim mesmo. Custava R$ 800 mas já estava vendida :(

Lá  no Bazar Samburá tem também uma seção que vende pequenos objetos de decoração que vale a pena catucar. Já achei coisas lindas das outras vezes. Dessa vez não tinham tantas, mesmo assim, ainda encontrei vasos pequenos de vidro por R$ 5.

IMG_20170215_134621735

A parte de livros e discos é ótima para comprar discos de vinil arranhados para fazer projetos de decoração. Tem também muitos livros antigos e até essas antigas coleções de poster. Se você procurar bem pode achar alguma gravura bonita para virar quadro na sua casa. E esses sim, a preço de banana.
`
No Bazar Samburá tem ainda áreas enormes destinadas a sofás, roupas, mobiliário de escritório, eletrodoméstico e brinquedos.

IMG_20170215_140456461_BURST000_COVER_TOP

Nessa minha última visita ao Samburá, voltei para casa com um brinquedo velho que logo mais virará um projetinho fofo para o quarto de Dora. Mostro para vocês em breve!

BAZAR SAMBURÁ
R. França Pinto, 783 – Vila Mariana, São Paulo – SP, 04016-033
Horário de funcionamento: segunda a sábado – 9h às 16h

A Casa do Porco

Não sei como está essa semana de dois dias para você, mas para mim está um verdadeiro caos. Minha família está na cidade e, além de passar tempo com eles, ainda estou preparando a festinha de Dora no próximo sábado. Vai ser coisa simples mesmo, apenas para 12 pessoas. Porém, como eu não sei fazer festa sem inventar meio mundo de enfeite e de fazer com as próprias mãos várias comidinhas, estou aqui às 22h30 na ativa. Neste momento exato, estou com o olho pesado de sono e escrevendo esse post enquanto espero o bolo assar. Tô esperando só para ter certeza do meu fracasso. Já que já vi que ele cresceu tanto que esborrou tudo, a massa foi toda embora e sujou o forno inteiro :(

No entanto, no meu dia de caos, fiz uma coisa bacana: fui na Casa do Porco próximo ao edifício Copan, em São Paulo. Como o nome do restaurante já diz, a Casa do Porco é um estabelecimento especializado em carne de porco nos seus mais diversos formatos.

17091444_10210692257915439_1977752274_o

Além de ter um cardápio muito delicinha, quis contar e mostrar pra vocês por que a decoração do lugar é bem inspirada.

IMG_20170302_132751162_BURST000_COVER_TOP

Adorei esses painéis capitonê e as paredes revestidas com telas que você encontra em casas de material de construção, além das cadeiras antigas e pesadas com couro azul escuro.

IMG_20170302_132625566

Os lustres principais eram feitos com lâmpadas de filamento e origamis no formato de porquinhos e corações. As luminárias de apoio têm o formato de um cone de vidro com lâmpadas de filamento.

IMG_20170302_132504693

IMG_20170302_132826961

Sobre a comida, eu que não sou a maior fã de porco gostei bastante. Tudo muito bem feito e preparado. Experimentei o presunto feito na casa, o torresmo que de tão crocante parecia pipoca, pancetta com goiabada e o Porco San Zé, que vem com tutu de feijão, tartar de banana, couve e lascas de porco assadas lentamente por sete horas. Uma delícia! Na nossa mesa, estávamos em quatro pessoas. Pedimos uma entrada de cada, tomamos suco e refrigerante e dividimos dois pratos principais. A conta deu cerca de R$ 60 por pessoa. Achei bem justo para o que foi oferecido.

IMG_20170302_132911990

IMG_20170302_141402170

Voltarei mais vezes à Casa do Porco! :)

Passeando pela Leroy Merlin

Há alguns meses esse rapaz publicou a seguinte frase no Twitter e virou um meme:

Captura de Tela 2017-02-08 às 16.08.31

Não sei se é verdade, mas é fato que a gente ama passear na Leroy Merlin. Eu costumo ir com frequência para comprar os materiais que uso nos meus projetos e até pesquisar produtos novos.

Na minha última visita à loja, no final de janeiro, tirei algumas fotos de achados legais e hoje compartilho 5 coisas que eu acredito que vale a pena fazer na Leroy Merlin.

1. Cortar madeira do tamanho que você precisar
Sem dúvida essa é a melhor coisa da loja. Poder comprar a madeira e mandar cortar todos os pedacinhos no tamanho que você precisa é ótimo. Nunca mais fui atrás de marceneiro para fazer serviços simples depois que comecei a usar esse serviço da loja.

2. Procurar inspirações para projetos DIY
O lance aqui é ter um novo olhar para os materiais e ferramentas que vendem por lá. Existem muitos objetos que são criados para determinadas aplicações mas que podem ser usados para inúmeras outras coisas.

leroy6

Quer um exemplo? Olha essas plaquinhas na seção de jardinagem. Elas servem para identificar o tipo de erva plantada, mas já pensou que com tinta fosca preta elas viram pequenos e lindos quadros-negros para identificar os sabores das comidas em uma festa?

leroy7

Essas mãos francesas também. Oficialmente são para servir de suporte para prateleiras. No entanto, que tal usar uma para pendurar uma floreira ou até mesmo um planter de macramê?


3. Pensar em versões “faça você mesmo” de produtos prontos legais que tenham por lá

Essa dica vale para outras lojas de decoração também. Veja os objetos legais ofertados que não tenham um preço muito acessível e pense em como fazer uma versão adaptada e mais barata para você.

leroy1

Eu amei esse abajur mas ele custava R$ 170. Então pensei: acho que rola fazer uma versão crafteira com tela aramada, ferro de solda e só a parte elétrica da luminária. :)

4. Garimpar produtos bacanas
Vamos ser sinceros, nem sempre os preços dos produtos decorativos à venda na Leroy Merlin são convidativos. Contudo, é possível encontrar bons negócios se você garimpar um pouco.

leroy2

Os tapetes, por exemplo, têm preços normais similares aos que estão à venda em outros magazines, mas na Leroy com frequência vejo uma variedade legal de estampas e tamanhos. Adorei esse bem grandão preto e branco.

leroy5

E esses vasinhos de cerâmica com texturas? Lindos demais e com um preço até bom (R$ 22,90 o pequeno e R$ 39,90 o grande).

5. Comprar considerando como prioridade a variedade e não o preço
Por exemplo, se a sua preocupação é mais sobre o tipo de porta-toalhas que deseja do que quanto precisará gastar nele, pode ir na Leroy sem medo. A variedade é grande, então mesmo que nem sempre os preços sejam os mais amigos, existe uma chance real de você sair bem feliz com o que comprou.

leroy4

Ainda na seção de jardinagem, encontrei esses vasos de nuvem que fazem o maior sucesso no Pinterest e que nunca tinha visto para vender no Brasil!

leroy8

Há também a chance de você encontrar produtos que resolvam a sua vida e que você nem sabia que existiam. Olha esse banco! Ele também é mesa e balde de gelo para bebidas em um só produto.

Durante a minha visita à Leroy, fui resolver um monte de coisa e terminei não fotografando tudo que queria. Talvez eu faça um outro post em uma próxima ida a loja. Quem sabe.

Vocês acham legal esse tipo de post passeio? Me digam que se a resposta for sim, registro mais as minhas andanças por aí.