22Nov 2013

Como financiar um imóvel – parte 2 – A busca e o corretor de imóveis

Posted by at 8:16 am in Como faz?, variedades

Bora pra segunda parte das etapas para financiar uma casa ou apê novos?

Depois de saber quanto de bala você tem na agulha (como falei aqui), o segundo passo é enfim começar a procurar o tão sonhado lar novo. Nessa hora amigos, muita atenção! Corretores podem ser um pé no saco mas também podem agilizar o processo.

O primeiro passo para ter paz na vida durante a procura, é comprar um chip novo de celular e fazer todas as ligações para pedir informações sobre casas que interessaram por ele. Acreditem em mim! Um corretor desesperado pode tornar sua vida um inferno com ligações inconvenientes a qualquer hora do dia.

Existe a opção de você contratar um corretor para procurar a moradia dos sonhos para você. Isso pode ser bem útil se você tiver a indicação de algum profissional realmente eficiente e de confiança e se não tiver com tempo. Do contrário, procure a casa você mesmo. Assim você foca nas localizações que realmente interessam (alguns corretores adoram fazer você perder tempo vendo uns lugares nada a ver) e ao encontrar o apartamento que agrade, quem irá arcar com os custos do corretor (caso ele exista) é o proprietário e não você. Invariavelmente, ao ligar para pegar informações sobre algum imóvel, o profissional irá perguntar sobre as suas preferências e oferecerá outros imóveis semelhantes cadastrados em seus bancos de dados, ou no da imobiliária.

financiamento

Um bom corretor tem que mostrar para vocês as vantagens e desvantagens do imóvel, se ele falar só coisas boas, desconfie. Se o imóvel não é novinho em folha, tem sempre algo que precisa ser melhorado. E mesmo nos novos é bom ter atenção.

O corretor é responsável também em fazer o contrato de pré-venda – um documento que registra que você deu um sinal definido pelo proprietário e por você em comum acordo, (geralmente, varia entre 1 e 20% do valor total do imóvel) e que a partir daquele momento o proprietário não poderá vender a mais ninguém, do contrário paga uma multa. O mesmo ocorre com você caso desista de comprar o imóvel, após a assinatura do contrato.

Agora a informação mais importante de todas: combine diretamente com o proprietário do imóvel o pagamento do sinal. De preferência, faça o depósito já na conta do dono. Nunca, jamais, em hipótese alguma, pague por intermédio do corretor por mais amigável que ele pareça. A quantidade de pessoas que tiveram problema nessa etapa da compra com alguns corretores de má fé é enorme!

Mas existem profissionais do bem. Esses vão agilizar toda a papelada do imóvel, o que é algo realmente bom já que são muitos certificados e documentos do imóvel que os proprietários devem providenciar para o banco autorizar o financiamento. Se os donos se enrolarem, todo o processo atrasa. Se o corretor for massa, vai correr com tudo e, dessa forma, você conseguirá financiar a sua casita bem mais rápido.

No próximo post, falarei do que é preciso prestar atenção antes de fechar o negócio.;)

Quem perdeu a primeira parte da série de posts sobre como financiar um imóvel clica aqui!

3 comments leave one →

  1. Chris Ribeiro

    Eu e marido, em processo de aquisição de imóvel, aguardando ansiosamente pelo próximo post com suas dicas sobre o assunto.
    Beijosss

    Reply
  2. jessica dos santos

    Trabalho no ramo a 6 anos, mas não como corretora, ridícula matéria desvalorizando o profissional, temos bancos de dados com mas de 10 mil imoveis, o que oferece ao cliente mas probabilidade de encontrar algo nas condições que ele almeja… como você que não entende do assunto sabe se o imóvel dá financiamento, se tem abistes, se está averbado, se o proprietário não possui divida na receita, se o imóvel não possui dividas tbm e outros inúmeros fatores que influenciam o financiamento? e mesmo o contrato garantindo a devolução do sinal que você indica dar direto ao proprietário… absurdo!

    quanto ao corretor ficar ligando? ele tem uma agenda o dia inteiro atendendo diversos clientes, se puder mostrar o imóvel de uma só vez a todos q interessa acha q ele não deve ligar para faze-lo? normal quando se trabalha com agenda…em qualquer profissão….

    outra coisa, entrada do imóvel de 1% não existe… os bancos não financiam 99% de imóvel nenhum…. esse comum acordo nunca ouvi….

    existem profissionais bons e ruins em qq hora, obrigação de quem vai contratar o serviço de verificar os antecedentes, procurar um corretor que trabalha sem uma imobiliária com CNPJ, creci e sede sim é uma burrice pois qualquer um sem esses dados pode desaparecer com seu dinheiro se fazendo passar pelo profissional, outra coisa só um corretor saberá o justo pelo imóvel, valor de mercado da área, valor de metro quadrado da região e também quanto poderá valer apos reformas, apos um ano… enfim, os corretores merecem serem mas valorizados, não é fácil se trabalhar em um mercado competitivo e cheio de nomes sujando a área…. muitas vezes por alguns todos pagam o parto, eu como filha de corretores já vi lagrimas nos olhos dos meus pais em serem humilhados enquanto andavam nas ruas batendo de porta em porta oferecendo seus serviços aos proprietário de imoveis a venda, para mostrar o imóvel, anunciar em sites, revistas, e levar tudo quanto é xingamento sendo expulsos como rato, ladrão ou traficante, as pessoas não imaginam o que sofrem um corretor nas ruas procurando imóvel para os seus clientes….

    Reply
    • Mirella

      Tudo bem?

      O texto comentado por você é um postagem de blog, e não uma matéria. Como tal, ela expressa exclusivamente a minha opinião pessoal baseado na minha experiência com o meu financiamento.
      Sinto muito se você sentiu-se ofendida. A intenção do texto é ajudar, quem como eu, teve dificuldades para começar o processo do zero.

      Acredito sim, que um bom profissional pode ajudar na procura e na documentação, assim como um bom gerente de banco no momento do financiamento. Por experiência própria, digo também o quão incomodo pode ser um corretor desesperado por uma venda. são ligações constantes e em horários inadequados mesmo quando avisados da inconveniência do contato. Um bom profissional deve adequar-se às necessidades de seu cliente e não o contrário.

      Sobre o 1%, acredito que você não leu corretamente. Não falei em entrada. Quando falo de 1% a 20% estou me referindo ao sinal dado ao proprietário no contrato de pré-venda. Nesses casos existem sim sinais nesses valores e até menores do que 1% no caso de imóvel acima de 7 dígitos.

      Independente da honestidade do corretor e dos registros deles, não existe motivo algum para que ele receba o sinal em uma compra. O pagamento deve ser sim sempre diretamente com o proprietário, inclusive por segurança na legalidade do contrato no caso de futuros problemas entre comprador e proprietário. Em caso como esses não existe burrice e sim desinformação, por isso a importância de compartilhar experiências com pessoas que passarão pelo mesmo processo.

      Abraços,

      Mirella

      Reply

Leave a comment

Casa de Firulas | Por Mirella Luiggi. © Todos os Direitos Reservados | Tecnologia WP | Tema base por Difluir | Design