“Eu não tenho jeito para fazer essas coisas manuais”. Será mesmo?

Tem gente que acha que nasceu com duas mãos esquerdas. Essas pessoas acreditam que para fazer projetos com as próprias mãos é preciso “ter jeito para isso”, ou seja, é necessário nascer com o dom. Pensam que quem não tem esse talento não consegue fazer nenhum tipo de trabalho manual.

crafty

Ouço esse tipo de crença quase que diariamente desde que comecei esse blog há mais de 8 anos. E preciso dizer: me contorço quando escuto isso. Não acredito nessas afirmações e reverter esse tipo de pensamento é um dos motivos do Casa de Firulas existir.

“Ter jeito” para manualidades tem muito mais relação com botar a mão na massa e tentar repetidas vezes do que nascer com o dom. É mais resultado de esforço e estudo do que de talento nato. E sendo assim esse tal “jeito” é acessível a qualquer um. Basta querer.

hands-forming-clay

Porém, para ter vontade de tentar, estudar e se esforçar até que um dia o “jeito” flua naturalmente é preciso se apaixonar. E a paixão, minha amiga, essa só aparece quando a gente se dispõe a amar, dar o braço a torcer e tenta! :)

Para criar um clima, esse ano tracei um novo caminho para o Casa de Firulas. Nossa principal missão agora é estimular essa paixão pelo faça você mesmo.  É alimentar o amor de quem já faz e desenvolver o “jeito” de quem ainda dá os primeiros passos. Continuaremos a manter o nosso foco em decoração e em vida prática, no entanto sempre pensando em ideias e soluções que você mesma pode fazer.

1

E talvez um dia esse tal “jeito” será uma coisa tão natural a ponto de todo mundo poder botar em prática ideias que emocionam e alegram sem nunca duvidar da sua capacidade.

Vem comigo?

Cerâmica sua linda! – Vídeos da Vania

Quando entrei na faculdade de Design meu sonho era projetar produtos para cozinha, pratos, copos, travessas, talheres e tudo o mais que unisse as três técnicas que eu sempre sonhei em aprender, mas nunca tive tempo ou coragem de explorar: a cerâmica, o sopro de vidro e a ourivesaria. A faculdade me levou para outros caminhos, mas a vontade ainda mora aqui. =D

Enquanto não chega o dia de botar minhas mãozinhas em um bloco de argila, eu me contento em assistir os vídeos lindíssimos que este povo talentoso fica postando na web. São tantos que é difícil escolher qual postar, então hoje, diante de tanta dúvida, selecionei dois momentos de perfeição e tranquilidade.

O primeiro é de uma ceramista da República Tcheca chamada Martina Žílová, que participa de uma loja chamada Czech Design, que vale a pena a visita, apesar do site estar em Tcheco, pois tem outras coisas lindas por lá.

O segundo é de um ceramista sul coreano chamado Lee Hyuang-Gu, que é tido como um dos 5 grandes mestres da Icheon Ceramics Village que se localiza na província de Gyeonggi, na Coréia do Sul. A Icheon possui com mais de 300 ateliês de cerâmica afiliados, fazendo da província um polo ceramista no país.

Deu vontade, não deu??

rodapevania-04-01-01-01

Mega Artesanal – Novidades da maior feira de materiais para artesanato da America Latina!

Fiquei de cara com a quantidade de gente indo em direção a Mega Artesanal, antes mesmo de chegar no Centro de Exposições dos Imigrantes, onde ela acontece aqui em São Paulo.

Na entrada do evento, uma fila gigante digna de show de astro internacional. Nela, milhares de pessoas (a grande maioria mulheres) enlouquecidas e ansiosas, contando os minutos para entrar na feira.

Sim, meus caros! Fãs de trabalhos manuais são verdadeiras groupies que esperam as novidades como quem vai conhecer o seu ídolo.

A Mega Artesanal é uma feira focada em materiais para artes e artesanato. Ela acontece todos os anos, reúne mais de 300 expositores e esse ano espera receber cerca de 110 mil visitantes.

Mas o que as mulheres ensandecidas queriam tanto ver? Tendências e novidades desse delicioso mundo das manualidades e do DIY.

E assim fui eu também! Para saber o que tinha de novo!

Reuni os cinco produtos que mais gostei e divido aqui com vocês:

pano adesivo

PANOS ADESIVOS

Eu aposto todas as minhas fichas que, em pouco tempo, vamos amar esse material tanto quanto amamos o vinil adesivo. Vi dezenas de opções de estampas maravilhosas que quis muito, “de com força”!

O bacana dos panos adesivos é que eles também são muito versáteis, mas deixam uma acabamento com uma textura mais rica que o vinil.

O ponto negativo ainda é o preço. Um metro custa um pouco menos de R$ 50,00. Acredito que ficar mais acessível é só uma questão de tempo. Afinal, alguém lembra de quanto custavam os vinis adesivos nas papelarias durante a década de 90? Sempre sofria porque queria encapar meus livros da escola com eles mas mamãe dizia que não, porque eram muito caros!:) E hoje é uma pechincha linda de viver!

 

Web

EVA ESTAMPADO

Logo quando chegou por essas bandas, em 1900 e bolinha, o EVA era um material bacanão e diferente. Nessa época, vi dezenas de projetos massa com ele. Com o passar dos anos, o EVA começou a ser muito usado em festas infantis e em trabalhos escolares, virou sinônimo de artesanato barato e o pessoal que curte um design mais bacana deixou ele de lado.

Fiquei encantada com a variedade incrível de folhas de EVA com estampas lindas lançadas durante a feira.
Acho que chegou a hora de a gente voltar a olhar para essa borrachinha com mais carinho.

 

Web

EMBALAGENS PARA DOCINHOS

Já se foi o tempo em que passávamos horas a fio personalizando forminhas para doces antes das festas. Agora existe tudo prontinho para comprar! Dos mais diferentes formatos para os mais diversos tipos de festa!

Fofas demais as panelinhas e a maça do amor que na verdade é uma caixinha redonda de plástico para colocar brigadeiro.

 

Web

MARCENARIA PORTÁTIL

Todas as vezes que vou em alguma loja grande de materiais de construção fico paquerando uma Dremel.
Para quem nunca ouviu falar, Dremel é uma marca de ferramentas elétricas que são sonho de consumo entre grande parte dos crafteiros de plantão.

A que eu sempre olhei, chama Dremel 3000. Ela é uma micro retífica pequitita e cheia de acessórios para furar, cortar, lixar e gravar em madeira, cerâmica, vidro e metal.

Namorava ela de longe, nas lojas, sem nunca ter ido além disso. Hoje pude enfim botar minhas mãos na danadinha e posso dizer que é amor, gente! Fiquei encantada. Ela é levinha, precisa e bem fácil de usar.

Outro produto da marca que adorei é o Dremel Trio. Resumidamente falando, ele corta, lixa e fresa madeira, plástico, drywall, metal e azuleijo. E de nada lembra a trambolhuda e pesada serra tico-tico.

A Dremel 3000 custa R$ 219,00* e a Dremel Trio, R$ 329,00*. (alô, alô, famílias e amigos! Podem me dar qualquer uma dessas de presente de Natal! Eu iria amar!).

*Preços sugeridos pelo fabricante.

Web

ARMARINHO E BORDADOS FRANCESES

Adorei o stand do Le Petit Atelier na Mega Artesanal. O Le Petit Atelier é um atelier (dãã) de duas francesas moradoras de Florianópolis. Lá no espaço, em Santa Catarina, acontecem aulas de bordado francês e de outras técnicas. O Atelier também vende produtos de armarinho importados que são de chorar de tão lindos.

Se gostou, prepare o bolso: os preços são bem salgadinhos. Mas são produtos que dificilmente você vai encontrar em outro lugar!


Antes que vocês me perguntem: os panos adesivos são da Panoah e da Flok, as folhas de EVA da Kreateva e as forminhas plásticas para doces são da Florbras. (os stands oficiais das marcas não estavam vendendo no varejo durante a feira, mas entrando nos sites vocês descobrem onde comprar). Os produtos da Dremel e do Le Petit Atelier podem ser comprados em seus respectivos stands.

MEGA ARTESANAL
Centro de Exposições dos Imigrantes
De 03 a 06 de julho de 2013 – Das 11h00 às 19h00
Dia 07 de julho de 2013 – Das 11h00 às 17h00
VALOR DO INGRESSO
Inteira: R$ 14,00 / Meia entrada: R$ 7,00.
Estacionamento: R$ 30,00 (ai, ai, ai titia!)

Semana que vem, mostro algumas ideias crafts que vi na feira. Combinado? ;)