5 dicas de ouro para manter a organização em casa por mais tempo

Eu sigo na busca eterna por uma casa organizada. Estou diariamente testando dicas, técnicas e novos truques para manter a casa nos trinques. Algumas coisas funcionam bem, outras nem tanto.

Nas minhas pesquisas, testei 5 conselhos de ouro que funcionaram bem por aqui e que de fato ajudaram a manter a casa em ordem por mais tempo. Coisa simples mas que faz a diferença:

1. Pense no uso e não na categoria

No lugar de organizar os objetos por tipo, pense na usabilidade. Por exemplo, não separe uma prateleira no armário só para as suas bermudas. Separe já os looks prontos com elas: as bermudas de ginástica devem ficar na prateleira com os tops, camisas, meias e os outros acessórios que você usa na academia; na despensa, em vez de arrumar os alimentos por categoria – tipo farinhas, molhos e condimentos – arrume por refeição, agrupando todos os artigos que usa no café da manhã, no almoço, nos lanches e no jantar. Desta forma, fica bem mais fácil manter tudo organizado.

2. Trate o excesso de forma inteligente

Você separou uma caixa para guardar seus lenços mas ela não é mais suficiente para guardar tudo. O ideal seria comprar outra caixa para deixar tudo organizado, certo? Errado. Para manter tudo em ordem, doe os lenços que menos gosta ou usa para que os novos ocupem o seu lugar. Isso vale para brinquedos, louças, roupa de cama e mesa e mais um monte de coisa!

organização

3. Defina pequenas metas e recompensas para a organização

Pense que vai fazer uma pausa e assistir a um episódio da sua série favorita quando terminar de arrumar a estante de livros. Ou então, planeje se sentar e comer uma fatia de bolo com café recém coado quando finalizar a arrumação do baú de brinquedos das crianças. Dividindo a organização por partes, fica mais difícil perder o controle da arrumação. E estipulando pequenas recompensas, você torna a atividade mais prazerosa.

4. Gaste 30 segundos a mais por dia e evite uma arrumação de 30 minutos no final de semana

Se todos os dias ao chegar em casa você colocar os papéis no lugar, as compras na despensa e os panfletos e notas no lixo, você evita de que essas pequenas bagunças acumulem e se tornem um grande amontoado de coisas para arrumar no final de semana.

5. Deixe as doações no carro

No lugar de deixar aquelas roupas e brinquedos que pretende doar em um canto da casa, deixe-os na mala do carro. Desta forma, é mais provável e conveniente passar os artigos adiante.

Conhece mais alguma dica quente para ajudar a manter a organização do lar? Conta aí! :)

Como fazer um planner de parede – DIY?

Não me dou bem com calendários e agendas digitais. Meu negócio é papel e lápis. É ver as pendências ali listadas e fazer grandes linhas por cima de todas elas, conforme eu for resolvendo.

Esse ano minha vida está fluindo muito melhor desde que comecei a usar novamente, de forma regular, uma agenda de papel, ou planner, como são chamados os modelos mais completos hoje em dia.

Além do planner, que vai comigo para cima e para baixo, ainda tenho um caderno para escrever ideias, pautas e outras informações mais densas que apareçam ao longo do dia. Porém, eu ainda estava sentindo falta de alguma coisa, no meu home office, que organizasse o fluxo de atividades mais urgentes por projeto.

Aí surgiu a ideia de fazer um planner de parede. Já usei muitos planners assim na época em que trabalhava com produção de TV. Eles são muito eficientes porque ajudam a manter o foco nas coisas mais importantes primeiro. Sem falar que é muito satisfatório retirar o papelzinho depois de cumprir uma atividade! :)

IMG_7814

A ideia é muito, muito simples! Você vai precisar de um espaço na parede, papéis de lembrete autoadesivos (post-its, stick notes, etc) e etiquetas com o nome dos seus projetos. Eu imprimi as minhas em uma etiquetadora, mas você pode comprar etiquetas adesivas e imprimir na impressora, ou até mesmo escrever à mão em  papéis autoadesivos menores.

1. Para que as etiquetas ficassem retinhas e bem divididas no espaço, primeiro eu coloquei os papéis para servir de guia.

IMG_7816

2. Depois foi só ir colando as etiquetas bem no meio de cada papel.

IMG_7821

3. Para ficar mais fácil de identificar os tópicos de cada assunto, escolhi uma cor de papel por etiqueta. Intercalei os papéis para evitar que uma cor de papel não ficasse junto de outra cor igual.

IMG_7825

4. Outra coisa que fiz foi usar marcadores de papel menores para sinalizar no planner as pendências mais urgentes. Assim, fica ainda mais fácil de manter os prazos.

IMG_7839

Eu garanto para você que se o planner de parede ficar em um lugar perto da sua mesa de trabalho, a sua produtividade vai melhorar bastante! :) Comigo funciona!

IMG_7835

Facílimo, né? :)

Como começar a organizar a casa para começar 2017 com mais espaço

Começou 2017 e, como sempre, eu estou cheia de planos. Um dos principais é organizar de uma vez o meu lar. Moro em um apartamento pequeno e é impossível manter o bendido arrumado, já que tenho coisas demais para espaço de menos. Por isso a primeira atividade do ano será me desfazer de um monte de coisa que entulha a casa e que não me serve mais.

Se você também está nessa vibe da arrumação, se liga nessa lista com 18 objetos para dar um fim em janeiro. Não são muitos, vai! Dá pra focar em uma coisa por dia e no final do mês você terá um lar menos entulhado. O que será um ótimo incentivo para organizar outras coisas em casa.

img_20170111_101011565-01

1. Produtos de beleza e maquiagens fora de validade ou que você raramente usa
2. Telefones celulares antigos e cabos de produtos que você nem tem mais
3. Remédios vencidos
4. Presentes que você ganhou mas não gostou ou nunca usou
5. Caixas vazias e embalagens de presente velhas
6. Canetas e lápis de propaganda ou em excesso
7. Roupas, bolsas e cintos que você raramente usa
8. Potes plásticos da cozinha (você certamente não precisa de todos!)
9. Livros da faculdade ou de ficção que você já leu
10. Produtos vencidos na despensa
11. Bijuterias e acessórios de cabelo que você não usa
12. Cartões de visita (salve os contatos no celular)
13. Descartáveis que sobraram das últimas festas
14. Revistas antigas (dei uma solução boa para elas aqui)
15. Pano de prato, pano de chão, toalhas e lençóis velhos
16. Produtos quebrados há mais de 6 meses e que ainda não foram consertados
17. Copos e pratos avulsos (aqueles últimos que não quebraram no conjunto)
18. Restos de tinta que sobraram na lata depois da pintura da parede

Depois de se livrar disso tudo, certamente você vai ganhar mais espaço para colocar as coisas em ordem. E é bem provável que o bichinho do desapego lhe morda e você aproveite para dar um fim a outros objetos sem uso em casa!