Como fazer um tapete de abacaxi – DIY

Dia desses rodei a cidade atrás de um tapete com um formato diferente. Só encontrei flores, carros e temas bem infantis. Aí achei que valia a tentativa de fazer um tapete eu mesma com essas mãozinhas que Deus me deu.

Procurei dois tapetes de borracha iguais nas cores verde e amarelo. Como não encontrei, comprei de dois tipos diferentes para fazer um tapete de abacaxi muito divertido. Esse projeto é um daqueles que você faz em 15 minutos!

tapete_abacaxi_1

Materiais

Tapete verde
Tapete amarelo
Cola de EVA
Tesoura
Linha e agulha
Lápis (opcional)

tapete_abacaxi_2

1. Corte o tapete amarelo em um formato oval. Caso não tenha muita segurança no formato, desenhe com o lápis no verso do tapete antes de cortar.

tapete_abacaxi_3

2. Corte o tapete verde de forma que simule a “coroa” do abacaxi. Para que os dois lados fiquem simétricos, use o pedaço cortado de um lado como molde para o outro lado.

tapete_abacaxi_4

3. Aplique a cola de EVA no verso do tapete verde e cole os tapetes. Espere a cola secar completamente. Coloque um peso em cima dos tapetes para ajudar na aderência da cola.

tapete_abacaxi_5

4. Para reforçar a união dos dois tapetes, costure com pontos invisíveis na emenda e pronto. O tapete deve ser usado em locais com pouca circulação de pessoas para uma maior durabilidade.

tapete_abacaxi_6

Foi tão fácil fazer esse tapete que fiquei pensando nos vários formatos possíveis de reproduzir! Pensei em fazer um flamingo, um cacto ou um drink tropical. O que vocês acham? :)

Passeando pela Leroy Merlin

Há alguns meses esse rapaz publicou a seguinte frase no Twitter e virou um meme:

Captura de Tela 2017-02-08 às 16.08.31

Não sei se é verdade, mas é fato que a gente ama passear na Leroy Merlin. Eu costumo ir com frequência para comprar os materiais que uso nos meus projetos e até pesquisar produtos novos.

Na minha última visita à loja, no final de janeiro, tirei algumas fotos de achados legais e hoje compartilho 5 coisas que eu acredito que vale a pena fazer na Leroy Merlin.

1. Cortar madeira do tamanho que você precisar
Sem dúvida essa é a melhor coisa da loja. Poder comprar a madeira e mandar cortar todos os pedacinhos no tamanho que você precisa é ótimo. Nunca mais fui atrás de marceneiro para fazer serviços simples depois que comecei a usar esse serviço da loja.

2. Procurar inspirações para projetos DIY
O lance aqui é ter um novo olhar para os materiais e ferramentas que vendem por lá. Existem muitos objetos que são criados para determinadas aplicações mas que podem ser usados para inúmeras outras coisas.

leroy6

Quer um exemplo? Olha essas plaquinhas na seção de jardinagem. Elas servem para identificar o tipo de erva plantada, mas já pensou que com tinta fosca preta elas viram pequenos e lindos quadros-negros para identificar os sabores das comidas em uma festa?

leroy7

Essas mãos francesas também. Oficialmente são para servir de suporte para prateleiras. No entanto, que tal usar uma para pendurar uma floreira ou até mesmo um planter de macramê?


3. Pensar em versões “faça você mesmo” de produtos prontos legais que tenham por lá

Essa dica vale para outras lojas de decoração também. Veja os objetos legais ofertados que não tenham um preço muito acessível e pense em como fazer uma versão adaptada e mais barata para você.

leroy1

Eu amei esse abajur mas ele custava R$ 170. Então pensei: acho que rola fazer uma versão crafteira com tela aramada, ferro de solda e só a parte elétrica da luminária. :)

4. Garimpar produtos bacanas
Vamos ser sinceros, nem sempre os preços dos produtos decorativos à venda na Leroy Merlin são convidativos. Contudo, é possível encontrar bons negócios se você garimpar um pouco.

leroy2

Os tapetes, por exemplo, têm preços normais similares aos que estão à venda em outros magazines, mas na Leroy com frequência vejo uma variedade legal de estampas e tamanhos. Adorei esse bem grandão preto e branco.

leroy5

E esses vasinhos de cerâmica com texturas? Lindos demais e com um preço até bom (R$ 22,90 o pequeno e R$ 39,90 o grande).

5. Comprar considerando como prioridade a variedade e não o preço
Por exemplo, se a sua preocupação é mais sobre o tipo de porta-toalhas que deseja do que quanto precisará gastar nele, pode ir na Leroy sem medo. A variedade é grande, então mesmo que nem sempre os preços sejam os mais amigos, existe uma chance real de você sair bem feliz com o que comprou.

leroy4

Ainda na seção de jardinagem, encontrei esses vasos de nuvem que fazem o maior sucesso no Pinterest e que nunca tinha visto para vender no Brasil!

leroy8

Há também a chance de você encontrar produtos que resolvam a sua vida e que você nem sabia que existiam. Olha esse banco! Ele também é mesa e balde de gelo para bebidas em um só produto.

Durante a minha visita à Leroy, fui resolver um monte de coisa e terminei não fotografando tudo que queria. Talvez eu faça um outro post em uma próxima ida a loja. Quem sabe.

Vocês acham legal esse tipo de post passeio? Me digam que se a resposta for sim, registro mais as minhas andanças por aí.

 

Como fazer pompom? (e o que é melhor: muitos de uma só vez!)

De repente começou a pipocar pompom na decoração! É tapete, colcha de cama, almofada, cortina e mais um bocado de coisa com pompom pelas lojas de decoração e fotos do Pinterest.

Eu não sei você, mas todas as vezes que eu olhava esses objetos ficava pensando no tempo que a pessoa perderia para fazer cada bolota peludinha daquela, já que na minha cabeça só era possível fazer uma por vez. Inclusive mostrei aqui, em 2012, como fazer um pompom usando um garfo, lembra?

Pois bem, dia desses me deparei com uma moça que colocava uma cadeira de ponta cabeça e usava uma técnica mutcho loka para fazer vários pompons de uma só vez. Resolvi testar para fazer um passo a passo e vou lhe dizer que o resultado é uma beleza!

pompom_1

Materiais
– 1 banco ou cadeira ou qualquer móvel não muito grande que tenha 4 pernas.
– Novelo de lã na cor que você quiser
– Tesoura
– Fita adesiva ou massinha (opcional)

pompom_2

1- Vire o banco de ponta cabeça. Amarre a ponta do novelo em uma das perna do banco com um nó.

pompom4

2- Envolva o fio do novelo por todas as 4 pernas repetidamente.

pompom_3

3- Se a perna do banco que você usar for bem lisa, aplique uma fita adesiva ou um pedaço de massinha logo abaixo dos fios para fazer atrito e evitar que eles escorreguem para baixo.

pompom5

4- Você pode fazer um pompom de mais de uma cor, misturando fios de tonalidades diferentes no banco. Intercale os fios para que a mistura fique mais harmoniosa

pompom6

5- Faça pequenas amarrações bem firmes por todos os fios, usando a lã. O ideal é que as distâncias entre as amarrações fiquem parecidas. Desta forma o tamanho dos pompons fica mais uniforme.

pompom7

6- Depois de fazer amarrações nos fios inteiros, use a tesoura e corte os fios no meio de duas amarrações.

pompom8

7- Os fios vão soltar da cadeira formando uma espécie de “trança”. Corte o fio feito no passo 1 que ainda prende a “trança” à cadeira.

8- Com a tesoura continue cortando a “trança” sempre entre duas amarrações.

pompom10

9- Esses pedaços cortados já são pré-pompons!

pompom12

pompom11

10- Faça o acabamento com a tesoura retirando os fios que estiverem maiores e irregulares.

pompom13

11- Depois é só arrumar com a mão a bolinha até que vire um pompom redondo e fofinho.

pompom14

Esse tutorial rendeu 11 passos porque quis deixar tudo bem explicadinho mas juro que é muito fácil. Pra você ter uma ideia, fiz esse “mói” de pompom em cerca de 20 minutos. E olhando bem para essa foto acho até uma boa ideia fazer mais um pouco para cobrir todo o assento do banco. Fica fofo, né?

Vou abrir uma fabriqueta de pompom! Quem quer ser minha sócia? :)