Como fazer um quadro memória

Dizem que ter em casa lembranças de momentos bons é auspicioso. Não sei se é verdade. Na dúvida, eu acho que não custa tentar. Esse mês, criei para a Casa Brasileira, um projeto daqueles que fazem um calorzinho no peito e de quebra deixam a parede com mais história para contar.

Casa_Brasileira_Quadro_mapa_madeira_3B

A proposta é fazer um quadro memória, marcando em um mapa um lugar que foi palco de um instante arrebatador da sua jornada. O “tchan” do projeto fica com essa textura de madeira que transparece no mapa.

Casa_Brasileira_Quadro_mapa_madeira_3C

Todo o passo a passo do quadro, você aprende no site da Casa Brasileira. Entra lá! :)

Tendências da Casa Cor SP 2017 para usar na decoração da vida real

O tema da edição deste ano da Casa Cor de São Paulo foi “Foco no essencial”. Uma proposta de resgate ao que de fato é importante para o bem viver. O resultado foram ambientes com uma simplicidade inspirada e ideias possíveis de usar mesmo quando não se vive em um apartamento de 400 m2.

Conferi tudo de pertinho sábado passado e fotografei 5 tendências da Casa Cor que achei que valem a pena considerar quando estiver pensando em repaginar a decoração da casa.

Memórias para decorar – Essa provavelmente foi a forma mais recorrente de valorizar o “essencial” do tema na decoração. Em vários ambientes vi memorabílias, fotos antigas, bibelôs e objetos com cara de colecionáveis. Aquele artigo de família ou o artefato comprado em uma viagem está na moda na decoração, assim como móveis com multicompartimentos como os usados por pesquisadores pra catalogar os seus “achados”.

Louças bem à mostra – Nada de esconder a louça em armários fechados. A nova onda é deixar tudo bem exposto e à mão. Pronto e fácil para o uso.

Folhas, árvores, folhagens e mais folhagens – Quanto mais vistosa a folha, melhor. Se tiver salpicada na estante em um canto inusitado do chão, passando pelas paredes e chegando ao teto, é sucesso! E não precisa ser de verdade; pode ser em gravuras, fotos, papel de parede e obras de arte. Mais um argumento para virar a louca das plantinhas.

Louças sanitárias coloridas – Tinham muitas e de várias cores! Apesar de adorar a nova roupagem desse artigo tão retrô, eu não usaria no banheiro principal e sim num lavabo, por exemplo. Sabe o porquê? A cor do seu xixi é uma das principais formas de identificar problemas nos rins e nos fígados. Por esse motivo, é sempre aconselhável usar sempre bacia sanitária branca no banheiro que você mais usa! Fica a dica. Saúde sempre antes da decoração, please!

Bons drinks – Se um ambiente confortável é item essencial do viver bem, nada melhor que uma bebidinha para acompanhar um momento de lazer no lar, né? Em vários projetos, os bares ganharam lugar de destaque; uns mais contidos e outros amplos, quase que tomando conta de todo o espaço. Tin tin!

Postei mais um monte de coisa legal que vi na Casa Cor no Instagram do Casa de Firulas. (Como assim você ainda não segue!?!). Ainda vou postar mais fotos por lá e e breve farei outro post com os meus ambientes favoritos desta edição da mostra! :)

A Casa Cor São Paulo 2017 está aberta ao público de 23 de maio a 23 de julho de 2017
Terça a domingo e feriados das 12h às 21h

No Jockey Club de São Paulo
Av. Lineu de Paula Machado, 1075

De terça a quinta-feira
Ingresso inteiro: R$ 56
Ingresso de estudante: R$ 28
Ingresso senior (para pessoas com 60 anos ou mais): R$ 28

Sexta, sábado, domingo e feriados
Ingresso inteiro: R$ 70
Ingresso de estudante: R$ 35
Ingresso sênior (para pessoas com 60 anos ou mais): R$ 35

Valet: R$ 35

As 4 coisas que mais me incomodam na decoração da minha casa

Quando eu morava em um apartamento alugado, sonhava com o dia em que eu pudesse enfim comprar a casa dos meus sonhos para reformar toda e fazer tudo do meu jeitinho.

SadHouse2

Só que quando finalmente consegui comprar um apartamento, a realidade foi um pouco diferente: Não foi bem a casa dos sonhos e sobrou zero dinheiro para reformas. No final tive que me mudar para o apartamento do jeito que estava e há quase 4 anos convivo com coisas que não gosto, mas que ficarão assim por um tempo porque deixaram de ser prioridade no momento. São elas:

1 – Piso branco no banheiro e na cozinha – Leia-se cabelos e sujeiras gritando no meu pé do ouvido a todo momento dizendo que minha casa não está limpa o suficiente. A cozinha vive com um pano de chão por perto e o banheiro tem que ser aspirado de tempo em tempo. Um saco!

2 – Listelos – Quem inventou isso não era uma pessoa boa. Listelos são aquelas cerâmicas retangulares que formam uma “barra decorativa” na parede e eram moda na década de 90. Por uma coincidência do destino eles também estão na cozinha e no banheiro do meu apartamento. E você aí se perguntando por que nunca mostrei esses cômodos aqui? :D Esperando sentada o dia em que essa moda volte a ser tendência de novo. Aliás se alguém tiver uma solução para cobrir listelos COM RELEVOS (ou seja não rola vinil adesivo) me conta que eu quero saber!

3 – Paredes desniveladas – Gastei uma grana com um pintor que fez um serviço bem qualquer nota nas paredes que já não eram lá uma maravilha. O resultado é que todas as vezes que bate o sol nelas fico achando tudo torto.

4 – Balcões das pias – Sim, a cozinha e o banheiro da minha casa são o meu calcanhar de Aquiles. Os balcões são de resina daqueles bem baratos que já vem presos nos móveis (nem sei se ainda vendem esse tipo de coisa!). Eu achava que ia trocar rapidinho quando me mudei e terminaram ficando, ficando… O lance é que agora só quero trocá-los quando trocar todo o revestimento dos cômodos. No entanto, cadê coragem para encarar uma obra com uma criança de 2 anos em casa!? :(

Às vezes acho que vou terminar me mudando sem resolver essas coisas que me incomodam nesse apartamento :P E por aí? O que mais você gostaria de mudar na decoração do seu lar!?