“Eu não tenho jeito para fazer essas coisas manuais”. Será mesmo?

Tem gente que acha que nasceu com duas mãos esquerdas. Essas pessoas acreditam que para fazer projetos com as próprias mãos é preciso “ter jeito para isso”, ou seja, é necessário nascer com o dom. Pensam que quem não tem esse talento não consegue fazer nenhum tipo de trabalho manual.

crafty

Ouço esse tipo de crença quase que diariamente desde que comecei esse blog há mais de 8 anos. E preciso dizer: me contorço quando escuto isso. Não acredito nessas afirmações e reverter esse tipo de pensamento é um dos motivos do Casa de Firulas existir.

“Ter jeito” para manualidades tem muito mais relação com botar a mão na massa e tentar repetidas vezes do que nascer com o dom. É mais resultado de esforço e estudo do que de talento nato. E sendo assim esse tal “jeito” é acessível a qualquer um. Basta querer.

hands-forming-clay

Porém, para ter vontade de tentar, estudar e se esforçar até que um dia o “jeito” flua naturalmente é preciso se apaixonar. E a paixão, minha amiga, essa só aparece quando a gente se dispõe a amar, dar o braço a torcer e tenta! :)

Para criar um clima, esse ano tracei um novo caminho para o Casa de Firulas. Nossa principal missão agora é estimular essa paixão pelo faça você mesmo.  É alimentar o amor de quem já faz e desenvolver o “jeito” de quem ainda dá os primeiros passos. Continuaremos a manter o nosso foco em decoração e em vida prática, no entanto sempre pensando em ideias e soluções que você mesma pode fazer.

1

E talvez um dia esse tal “jeito” será uma coisa tão natural a ponto de todo mundo poder botar em prática ideias que emocionam e alegram sem nunca duvidar da sua capacidade.

Vem comigo?

Recesso no coração e na vida online

Se você ainda vem por aqui notou que sumi. Não é a primeira vez e certamente não será a última. Infelizmente nos 7 anos e meio de existência desse blog, nunca consegui me dedicar exclusivamente a ele. Se você lê o blog desde 2008 sabe que esses sumiços não são novidade. Preciso de renda e preciso trabalhar em empregos convencionais que tomam tempo e muita energia. O nascimento de Dora tornou esses itens ainda mais escassos.

Desde que saí do meu emprego na Natura, após minha licença maternidade (se você não sabe, trabalhei lá por 2 anos escrevendo todas as matérias do site), minha vida financeira virou um caos. E por isso, atualmente, minha prioridade precisa ser os trabalhos que me dão retorno financeiro imediato. Com isso tudo, raramente tenho tempo e inspiração para vir aqui escrever e criar. Fico triste e muito sentida com isso mas é a verdade e preciso ser honesta com você.

Para tornar a vida ainda mais desafiadora, minha mãe está no meio de um longo tratamento de um câncer que retirou da mama em dezembro. Isso me deixou muito triste e abatida por semanas. E mesmo passado o choque inicial, ainda tenho muita vontade de ficar com ela. Agora mesmo estou no Recife, pertinho dela, onde ficarei até o final de abril.

large

Às vezes a vida lhe pede para ficar offline. E ficarei parcialmente assim até maio.

Ainda tenho muitos planos para o Casa de Firulas. O novo layout ainda terá novidades. O canal do Youtube voltará em breve e um projeto para a gente se encontrar de verdade está quase saindo do papel. Além disso, tenho certeza que nesse meu período de recesso parcial, novas ideias irão surgir.

Para que a gente não passe muito tempo longe uma da outra, postarei com frequência no meu Snapchat (mirella.luiggi) e no Instagram (@mirella_luiggi). Além disso, quinzenalmente tem postagem de algum projeto meu de “faça você mesmo” no site da Casa Brasileira. Todos bem legais e feitos com muito carinho.

Estou com saudades e logo mais voltaremos a conversar.

Um beijo bem grande,
Mirella.

5 perfis no Instagram para estimular a sua criatividade

Não existe rede social mais inspiradora que o Instagram. Seguindo as pessoas certas você facilmente recebe uma dose diária de fotos e ideias para aguçar os sentidos e a criatividade. Separei 5 perfis bacanas que trazem propostas bem legais para quem curte criar.

insta1-01
@designlovefest
Bri Emery é uma diretora de arte de Los Angeles responsável pelo Designlovefest, um estúdio criativo que já realizou trabalhos para a Elle Decor, o Apartment Therapy, Martha Stewart Wedding, entre outras revistas e sites bacanas.
Porque é legal seguir: como ela trabalha para publicações, vez por outra antecipa tendências decorativas em suas fotos.

insta2-01
@themakerie
O The Makerie é um laboratório de manualidades nos Estados Unidos que oferece vários cursos e oficinas bacanas.
Porque é legal seguir: eles funcionam na modalidade “camp”, onde as pessoas se hospedam e passam o dia criando. Isso sempre rende fotos que inspiram a tirar a bunda da cadeira e colocar a mão na massa.

insta4-01
@ishtarolivera
Ishtar Olivera é uma designer e artesã do Reino Unido. Sua especialidade é papelaria com carimbos cavados por ela mesma.
Porque é legal seguir: é impossível não ficar com vontade de criar várias fofuras com papéis estampados e canetinhas coloridas depois de ver as fotos dela.

insta3-01
@emilyblincoe
A fotógrafa de Nashville mostra o seu dia a dia de uma forma muito particular.
Porque é legal seguir: as composições feitas por Emily deixam tudo muito mais plástico e estético. Ela transforma a rotina em pequenas obras de arte. Atenção especial para a série que ela faz com objetos de coleção ou encontrados pelo chão.

insta5-01
@kristinrogers
Kristin também é fotógrafa nos Estados Unidos. No perfil dela ela posta o seu dia a dia, o do marido e das duas filhas fofas.
Porque é legal seguir: a casa dela tem uma decoração incrível, cheia de vida e que foge de qualquer lugar comum. Toda vez que vejo as fotos fico com vontade de mudar alguma coisa aqui em casa. Vai que acontece o mesmo com você.

E se você não segue ainda a minha conta no Instagram, vai lá, rapaz! Estou empenhada em postar ideias interessantes de decoração e vez por outra ainda mostro Dora, minha fofurinha de braços roliços e bochechas recheadas. O perfil é @mirella_luiggi.